Peterson Azevedo

Peterson Azevedo

Peterson Azevedo

Peterson Azevedo estudou fotografia documental na Academia Interna Cinema em São Paulo e na Casa da Photographia da Bahia. Atualmente, atua como educador, fotógrafo e produtor de conteúdos audiovisuais educacionais livres na Rede Anísio Teixeira, programa de difusão de mídias e tecnologias educacionais da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. O artista foi curador da V Mostra Fotográfica de Camaçari (2016) e já teve suas fotografias reconhecidas e selecionadas em vários concursos, como no Prêmio Lewis Hine (2016), no 11º Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco ((2015) e no Salão Pérsio Galembeck, em 2011, 2012, 2014 e 2015. Participou do Concurso Latino-Americano de Fotografia Documental “OS TRABALHOS E OS DIAS”, em 2012 e 2015, na Colômbia, e da Exposição Coletiva – Corpo e imagem dos Terreiros, 2014, em Brasília. Em 2013, foi selecionado no Edital Portas Abertas para as Artes Visuais, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, com a exposição Permanências Percussivas. No mesmo ano, esteve no 10º Concurso Cultural Fotográfico Leica - Fotografe. Um ano antes, em 2012, participou do 1º Concurso Cultural O fim dos Cliks, em Campinas - SP. É autor da Exposição Individual - Cacau do Pandeiro: O mundo na palma da mão, que ficou em cartaz em 2012, no Rio de Janeiro. No seu currículo, ainda constam o VIII Concurso Nacional de Fotografia do SENAD, em 2010, e o VIII Salão Nacional Brasil Afro, nesse mesmo ano.

Retornar